As relações públicas são uma janela para o mundo

Os RP e os profissionais de comunicação como um todo adoptam constantemente uma visão estratégica e estão alerta para um conjunto de questões diferentes (tanto a nível de mercado e sector, como de comunicação e agenda de media). Devem atentar às novidades, estar alerta para a mudança, evolução tecnológica, problemas que possam emergir. Devem colaborar com a gestão, não só em relação aos números, mas principalmente à dinâmica que se estabelece com os stakeholders.

Este ponto de vista privilegiado é a primeira janela que se abre para os profissionais. Mas para além das pessoas, as organizações beneficiam largamente da ação das RP.

As relações públicas são a janela que coloca a organização em contacto com a envolvente. Com foco na relação com os públicos, numa primeira fase as RP comunicavam a organização. Com a evolução da comunicação e das tecnologias o processo tornou-se bidirecional, e os públicos mais informados e com uma voz mais ativa.  A preocupação foi sendo transferida para a satisfação das necessidades dos públicos, e uma adaptação constante à dinâmico cujo ritmo são eles que estabelecem. O diálogo é constante e já não é controlado pelas organizações. As redes sociais colocaram as organizações ao mesmo nível dos utilizadores e stakeholders e alteraram o poder da agenda dos media. Os conteúdos produzidos que têm mais sucesso são os que acompanham a atualidade, ao segundo, e as organizações mais bem-sucedidas são as mais responsivas, atentas e preocupadas.  A janela das RP abre uma página Web.

Esta comunicação não se estabelece só a nível nacional. As relações públicas ligam também a organização ao resto do mundo. Com a globalização o contacto entre os países é constante e imediato (também a vertente de diplomacia política entra em ação). A gestão desta relação multicultural é de extrema importância, cabe ao departamento de comunicação e tem um impacto direto no sucesso da organização. Por outro lado, é importante a existência de uma política de comunicação estruturada para garantir a coerência entre as várias empresas de uma multinacional.

Por fim as RP trazem ainda uma nova luz no sentido da colaboração entre as organizações para o bem-comum, a sua responsabilização por todas as ações desenvolvidas no âmbito    na responsabilidade corporativa. Abre-se uma janela que liga a solidariedade às organizações, de forma continuada, mesmo aquelas que têm um fim lucrativo, orientado a sua ação para o seu papel no mercado associado às formas como podem contribuir para a sociedade. A consciencialização da organização enquanto cidadã cabe às Relações Públicas, em colaboração com diversas entidades e mesmo governos.

As relações públicas são então uma janela que permite ver diversas oportunidades, e que quando aberta altera e contribui a organização e todos aqueles que contactam com ela.

To do?

Atentar à atualidade;

Acompanhar as tendências nos social media;

Estabelecer relações benéficas com os stakeholders;

Desenvolver parcerias internacionais;

Manter a coerência a nível multinacional;

Investir na responsabilidade social.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s